Guerra das Coreias – Resumo da História

 

A Guerra das Coreias foi um conflito que aconteceu na Península da Coreia nos anos de 1950 a 1953 entre, a Coreia do Sul e a Coreia do Norte.

O conflito foi um dos piores de todo o século XX, causando cerca de 2,5 milhões de vítimas. Além disso, ele contribuiu para o agravamento da divisão existente entre as Coreias do Norte e do Sul.

Em seu contexto histórico, a guerra foi umas das primeiras manifestações da divisão política e econômica que caracterizou o mundo durante o período da Guerra Fria, a disputa geopolítica travada entre os Estados Unidos e a União Soviética.

Causas da Guerra das Coreias

A causa da Guerra das Coreias está ligada com o fim Segunda Guerra Mundial, onde as tropas japonesas derrotadas saíram do território coreano. Isso aconteceu porque durante diversas décadas o Japão ocupou e explorou o território da Coreia.

Assim, com a Segunda Guerra em andamento a Coreia se juntou aos Estados Unidos e a União soviética para lutar contra os japoneses. Desse modo, quando a Segunda Guerra chegou ao fim, a Coreia foi dividida de forma arbitrária pelos dois países.

O lado norte da Coreia foi ocupado pela União Soviética (socialista) e a parte Sul ficou sob o domínio dos EUA (capitalista). Essa divisão ficou conhecida como o Paralelo 38.

A ocupação militar durou até 1948 na Coreia do Norte e até 1949 na Coreia do Sul. Essa divisão causou bastante tensão entre as duas Coreias, que tinham interesses diferentes. Assim, a guerra teve início quando as tropas norte-coreanas invadiram o território da Coreia do Sul.

A partir desse momento houve um conflito extremamente sangrento, que envolveu também os americanos que entraram na guerra ao lado da Coreia do Sul, e da União Soviética e da China, que entraram na guerra ao lado da Coreia do Norte.

Fim da Guerra das Coreias

A Guerra das Coreias chegou ao fim em julho de 1953, após os Estados Unidos ameaçaram atacar a Coreia do Norte e a China com armas nucleares caso não ocorresse uma rendição.